O ‌que‌ faz‌ um‌ ‌neurocirurgião?‌

 

À primeira vista o neurocirurgião é visto como um médico especializado no tratamento das doenças do cérebro através de cirurgia.

Isto é verdade, mas não completamente!

O neurocirurgião traz em sua formação bagagem para o tratamento de doenças em todo o sistema nervoso e nas estruturas que o cercam. Para ter uma idéia do que isso significa, estamos falando do cérebro, mas também da medula espinhal, dos nervos periféricos e ainda do crânio e da coluna. Isso significa que um neurocirurgião bem formado é capaz de atuar praticamente em todas as áreas do corpo, da cabeça aos pés!

Para ter uma idéia, 50 a 70% dos tempo de um neurocirurgião atualmente se envolve em tratamentos de doenças da coluna. Estas doenças podem ser quadros de hérnias de disco seja na cervical ou na lombar, doenças degenerativas ou deformidades da coluna, compressão da medula espinhal ou dos nervos, apenas para citar as mais comuns. Essa compressão dos nervos pode acontecer em outras partes do corpo como no punho, onde ocorre a conhecida síndrome do túnel do carpo.

Outra área para a qual o neurocirurgião é muito procurado envolve os quadros de dor, as principais sendo a dor lombar (lombalgias), as dores cervicais ou nos ombros (cervicalgia) e a famosa dor do ciático, que irradia para a perna. No entanto, alguns outros quadros dolorosos, como pacientes com neuropatias agudas e crônicas, sendo a principal a neuralgia do trigêmio;  ou ainda pacientes com câncer ou outros tumores que podem precisar de controle avançado da dor.

Quando falamos do crânio e do cérebro, algumas das doenças mais comuns são os tumores do cérebro, que nem sempre são casos de câncer (falaremos mais sobre isso num próximo post aqui do blog), aneurismas cerebrais e malformações cranianas. Algumas dessas doenças requerem cirurgias que estão entre as mais complexas da medicina. Outra área que envolve o cérebro é o tratamento de distúrbios de movimento, como Parkinson ou Distonias, e mesmo alguns quadros psiquiátricos, como Transtorno Obsessivo Compulsivo.

O neurocirurgião atende pacientes de todas as idades, desde antes do nascimento em alguns casos, até o fim da vida. A maioria das pessoas imagina que o neurocirurgião passa o tempo todo realizando aquelas cirurgias extremamente complexas que mencionamos acima, e embora seja verdade que seja necessário muito treinamento e atualização constante para operar o cérebro e a coluna e o sistema nervoso como um todo, boa parte do tempo é dedicada ao acompanhamento dos pacientes e ao domínio do tratamento não cirúrgico, também conhecido como conservador.

Nesta modalidade de tratamento, a capacidade de realizar o diagnóstico preciso e decidir junto ao paciente se a cirurgia é ou não a melhor opção para cada caso é de extrema importância, afinal, grande parte das doenças pode não precisar de tratamento num primeiro momento, ou eventualmente com tratamento adequado, este pode ser evitado em alguns casos. A capacidade de interagir com outros especialistas, como fisiatras, neurologistas, ortopedistas, oncologistas, pediatras, radiologistas… é muito importante, principalmente no tratamento conservador.

 Um bom exemplo é o tratamento da dor lombar, que pode melhorar com o uso de analgesicos, medicações neuro-modulatorias e terapia física (fisioterapia, terapia ocupacional…), mas que em alguns casos em que há risco neurológico ou de deformidade, ou mesmo quando o tratamento conservador não funciona, pode ser necessário que o neurocirurgião realize um procedimento invasivo ou mesmo uma cirurgia. Neste momento, nada melhor do que ter um médico de confiança e saber que o seu neurocirurgião pode contar com uma equipe de ponta.

Finalmente, muitos procedimentos são realizados de forma programada, mas considerando a fragilidade do sistema nervoso, diversas cirurgias tem que ser realizadas com urgência, tanto para doenças do cérebro quanto da coluna. Alguns exemplos são os casos de trauma, tumores com aumento da pressão intracraniana, fraturas de coluna ou hérnias de disco com risco de paralisia. A disponibilidade que é necessária do neurocirurgião para estes casos deve ser quase que imediata, portanto tenha paciência quando em alguns casos for difícil encontrar o seu neurocirurgião, pode ser que ele esteja em uma destas emergências, e com certeza estará pronto para você se isto for necessário (embora eu torça que nunca venha a ser!).

O treinamento para se tornar um neurocirurgião é extenso e demandante. No Brasil, são 6 anos na faculdade de medicina, mais 5 anos em uma das residências médicas mais exigentes e concorridas, e depois disso com frequência mais alguns anos se especializando ou aprimorando a experiência tanto clínica quanto cirúrgica, totalizando ao menos 11 anos obrigatórios. Considerando a velocidade com que o conhecimento avança, é importante manter-se atualizado em congressos e cursos, e além disso manter uma equipe onde se possa sempre trocar experiências e discutir os casos mais complexos.

A tecnologia envolvida na neurocirurgia também avança rapidamente, e hoje em dia a precisão de um procedimento cirúrgico é muito maior do que antigamente. O domínio destas tecnologias é essencial para que o neurocirurgião possa continuar oferecendo o melhor tratamento para o paciente, com os melhores resultados possíveis e com a menor invasividade, como no caso dos procedimentos minimamente invasivos.

Frente a esta alta complexidade e à elevada demanda, é muito frequente que os neurocirurgiões também se dediquem à carreira científica e acadêmica, com muitos sendo excelentes pesquisadores e professores em todos os níveis de formação.

Em resumo o neurocirurgião avalia o sistema nervoso e as estruturas que os envolvem como um todo. O tratamento pode ser conservador ou cirúrgico e o neurocirurgião será o melhor profissional para ajudar a indicar e decidir por estas modalidades, não importa se estivermos falando de um acidente, um câncer cerebral, uma dor lombar crônica ou uma hérnia de disco. 

Num próximo post falaremos um pouco mais sobre como escolher o neurocirurgião certo para você.

Até breve!
Dr. Cesar Cimonari
Neurocirurgião – CRM 150.620

 

Agende a sua consulta

Atendemos os principais convênios do mercado!

Caso seu convênio não esteja na lista,
entre em contato para maiores informações.

Agende a sua consulta

ParticularConvênio

Consulta online

Consulta online

Whatsapp

Ligar